Este feto de 21 semanas foi condenado à morte, os médicos não lhe davam nenhuma chance,mais..


 

Este feto de 21 semanas foi condenado à morte, os médicos não lhe davam nenhuma chance!

Amilia Taylor é o bebé prematuro mais novo a sobreviver depois de vir ao mundo.

Sonja, a mãe de Amilia, sabia que se ela contasse a verdade aos médicos, eles nunca concordariam em tentar a cesariana, mas a mulher não tinha escolha, porque ela tinha uma infecção e se o bebé não nascesse tinha morte certa.


Os médicos não lhe deram nenhuma chance e nunca concordariam em fazer cesariana se a mãe não tivesse mentido dizendo que estava grávida de 24 semanas e não 21, como era o caso. Quando Amilia veio ao mundo, sua pele era tão fina que se podia ver através dela, era pouco maior que uma caneta. Ela era tão pequena e frágil que os médicos a embrulharam em plástico de bolhas para a manter aquecida. Ela foi, em seguida, colocada numa máquina para a ajudar a respirar.

Os médicos estavam tão convencidos de que este bebê de apenas 23 centímetros não sobreviveria que nem o chamavam pelo seu nome, mas ela sobreviveu e ganhou o apelido de bebé milagre.

Se os médicos tivessem conhecido a verdade desde o início, pequena Amilia não estaria connosco hoje. Aqui estão algumas fotos do seu nascimento e de algumas semanas mais tarde:


Avalie este Artigo?

Mais pra voce!